100 objetos para o fim do mundo
130x90
caixa de vidro, madeira, cola, 100 objetos encontrados em casa, lista de objetos enumerada de 1 a 100

Neste trabalho, coleto, listo e enumero objetos que encontro em casa durante o período de quarentena.
Por algum motivo arbitrário decido que todos devem ser menores do que a palma da minha mão, e com
uma espessura inferior a 1cm.
Ao final da coleta, conto uma coleção de 100 miudezas, entre elas uma lembrança de um dia de carnaval de
chuva fria e sol forte e um pequeno recorte de tecido, deixado as pressas após um término brusco.
Entendo esta operação de coleta e ressignificação de material como a única atividade possível no agora;
lidar, conviver e editar as sobras já existentes.
Encaro este conjunto de coisas como souvenirs de um mundo que não existe mais.
Não há resposta imediata ao medo, mas expedições domésticas ainda são possíveis.